NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

domingo, julho 06, 2008

O PODER DO PASSE

O passe é um fundamento essencial aos vencedores, geralmente as derrotas passam por times que exploraram, bem, o contra-ataque que geralamente provém de erros e de gols "imperdíveis", como esse ultimo é decorrencias de técnica, e isso é dificil corrigir, sobra-nos o passe errado, que por ansiedade, impericia na força ou direção cria a todo momento situações de perigo.
Temos varias categorias: aqueles que não passam, os que não tem perícia, os com boa visão porém o corpo não obedeçe, os sem visão mas que procuram sempre o colega ao lado para facilitar, Sei que vou magoar alguns, porém vou declinar meu conceito sobre esse quisito em relação aos forasteiros, para levantar a polêmica.
Ildo: O passe longo é ruim. Ênio: é muito ânsioso errando no longo. Eduardo: mais seguro. Chico: tem muita dificuldade. Foguinho: só passa meio morto. Miguel: fominha total, de tempo em tempo passa sem muitos recursos. Paulo: tem o melhor passe mas não confia nos colegas. Léo: procura sempre, tem que melhorar o passe longo, é quem mais entende a importância. Hélvio: me considero dos melhores passadores, desde que descansado, pois é o fundamento que posso fazer. Beto , tem que melhorar, mas encherga.Valdemar: tem grandes dificuldades, falta tempo de bola. Ademar: sabe passar mas tem que ser mais agil, segura demais. Maninho: seu passe é agudo para chegar batendo, do contrário não passa , faz a jogada. Clenir: tira alguns coelhos da cartola, mas a lentidão as vezes complica a defesa. Geraldo: passa mal, afoito, se tranquiliza e levanta a cabeça melhora. Feck: falta habilidade mas vê bem as possíveis jogadas. Celso: sabe passar , mas individualiza e chama o tumulto para si, dificultando. Se faltou alguém desculpe-nos, apenas quero cutucar os participantes neste quisito, fundamental. Um abraço.
Postar um comentário

Arquivo do blog