NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

domingo, julho 24, 2011

"Eu tenho um sonho"

O título do meu texto é uma famosa frase do discurso de Martin Lhuter King, onde ele preconiza harmonia entre negros e brancos, mas serve para expressar meu pensamento quanto aos Forasteiros onde hoje aglutina mais fora da quadra do que dentro, apesar de o futebol ser importante.


O tempo passa e nossa "bolinha" vai diminuindo, enquanto isso o relacionamento vai intensificando, as pessoas vão se conhecendo melhor, vamos diluindo nossas diferenças e tolerando mais os companheiros. Não podemos desperdiçar todo este potencial.

de tempo que venho falando e tentando diversificar nossas actividades, ideias pequenas mas que ampliariam "nosso mundo" (comprar um "som", disponibilizar um Kit de chimarrão, fazer mais passeios (em Agosto é difícil), fazer a festa de final de ano sempre (independente dos passeios).


Apesar de evoluirmos, (temos o blog, tabelas de participações, o Piquete, o jornal), estamos acomodados, e isso se deve as lideranças, que hoje não são, tão constituídas, então com menor envolvimento e cobrança dos demais.

Pois o sonho que tenho, compartilhado primeiramente com o Eduardo: é o SEC(Sociedade Esportiva e Cultural) FORASTEIROS.
SEDE PRÓPRIA

Com uma sede própria e esta sede, em lugar amplo, um Sítio, uma hectare talvez, lugar suficiente para o planejamento dos seguintes itens.


-Galpão para confraternização, jantas, almoço, gaita, violão, fogo de chão, história.


-Quiosque do lado do campo para a sombra das bebidas



-Campo de futebol (tapete bem verdinho) (para cinco ou seis de cada lado).


-Pequena casa para caseiro (se for preciso).


-Estábulo para os cavalos ( pra começo de conversa do Clenir).


-Outro pequeno galpão para sinuca, ping pong, cinco Maria (só para adeptos), fla-flu etc.

-Açude.


Este sonho é possível, com dificuldades porém viável, sei que o grupo tem potêncial, e também podemos procurar apoio, mas o principal é o Chico e o Clenir comprar a ideia, logo após tenho certeza que o Celso e Miguel apoiarão. Maninho, Eduardo, Sergio, Ildo, Hélvio virão com tudo depois (noto nestes uma maior empolgação para o feito). Léo, Feck, Ademar, Paulo, Valdemar, entre outros, acho que também contribuiriam com o acabamento (idéias), e trabalho. Aceito que alguns achem não um sonho, mas um delírio e se insurja com opiniões contrárias e apontando as dificuldades (provavelmente valores) de realização, mas lembro que a acomodação sempre é mais fácil e criar algo que nos de "trabalho" é arrumar "sarna para se cossar", mas sem esta "sarna" seguiremos pelos mesmos caminhos de ou tros e chegaremos naqueles mesmos lugares.


O que me parece é que Chico e Clenir são mais reticentes devido a dúvida se terão apoio ou ficarão sozinhos, não posso responder, mas se os cardeais liderarem, ficariam para história, e passariam para seus bisnetos esta conquista .


Um abraço ao Eduardo idealizador da parte do sonho em que a sede seja um sítio.


Postar um comentário

Arquivo do blog