NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

segunda-feira, dezembro 01, 2008

Um pouco da poesia do Rafa Feck

Encanto

Se por um acaso o encanto se quebrar
E as palavras me faltarem
ou secarem na minha caneta inquieta
Como a profecia de que um dia o mar irá virar sertão
Calarei ...
Leia na íntegra: http://rafafeck.blogspot.com/2008/11/amor.html



Amor

É, é assim mesmo o amor...
Quando o fogo da paixão vai se apagando e algumas coisas ficam sem sentido, vem o amor e conserta tudo. ...
Leia na íntegra:http://rafafeck.blogspot.com/2008/11/amor.html


Sobre minha dor-de-cotovelo

...e ainda sim, mesmo derrotado pelo tempo, mesmo cansado e consumido pelas peripécias do destino, serei seu, sim, mesmo distante ainda serei seu, pois vejo a cada noite de chuva, a cada reencontro silencioso que jamais poderei novamente ser meu...
Leia na íntegra: http://rafafeck.blogspot.com/2008/11/amor.html


Samba!!!

Deixa...
Deixa o som tocar
E se vão falar
Deixa que digam
Que pensem,
que falem...
Deixa...
Leia na íntegra:http://rafafeck.blogspot.com/2008/11/amor.html


"Poema-canção"

Eu sou mês, livros,
Tu és dia, discos.
E se não somos tão iguais?
A noite se foi
Pra manhã começar
Leia na íntegra:http://rafafeck.blogspot.com/2008/11/amor.html
Postar um comentário

Arquivo do blog