NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

terça-feira, março 30, 2010

Não menos que uma PLACA.

Há momentos que justificam todo um amor ao futebol, jogamos por uma satisfação pessoal, por pensar que podemos fazer algo que nos gratifique, momentos que levaremos na mente e depois de 30 anos ainda tentaremos trazer de volta nas rodas de amigos, nas cervejadas, nos churrascos, hoje foi uma noite destas, foi protagonizado um lance que se diz daqueles que a platéia tem que sair do estádio e pagar ingresso de novo.
A bola passou pelo Miguel(laranja) e sobrou quicando para o Hélvio(verde) que aproximava-se em velocidade pelo meio da quadra adversária de frente para o zagueiro Ademar (laranja) que inadvertidamente adiantou-se em direção a bola pensando que chegaria primeiro e com a virilidade habitual de quem decide a jogada, ledo engano Hélvio consegue tocar pouco antes de bate pronto num leve toque para o alto que encobre os 1:80 de Ademar que vê a bola passar por cima de sua cabeça e antes que pudesse fazer qualquer coisa Hélvio ja tinha passado, adianta-se passa espera a bola cair e sem que ela consiga, chuta forte na saida do goleiro Eduardo, no seu canto direito baixo, era o gol que nunca havia conseguido fazer quando jovem e sem problemas fisicos, a bola agora estava no fundo da rede e o placar dilatava-se para dois de diferença, restava-lhe sair do jogo e pedir para platéia pagar ingresso de novo. A vitória viria por 11 x 8.
Postar um comentário

Arquivo do blog