NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

domingo, março 07, 2010

SERA QUE PRECISAMOS MOSTRAR ENERGIA E VIRILIDADE?

"futebol é para macho", este dito esta ultrapassado, tem gente que quer a Marta em seus times de homens, o que chega a ser uma demasia e também ja passou o tempo que o centro-médio e os zagueiros eram venerados e justificados em suas "ignorâncias" a titulo de defender seus times, hoje se não souberem jogar vão para a várzea não tem lugar na primeira, ou logo, logo levam o vermelho.
Somos da geração da ignorância, dos árbitros condescendentes e nos acostumamos, é isso que alguns ainda tem na mente, tomar a bola a qualquer custo, esquecem das nossas condições, toda tentativa de retirar a bola do companheiro que não seja pela frente é risco e grande de machucar. Temos entre 41 e 58 anos, a maioria com fragilidades e não estamos nos forasteiros pela fortaleza fisica e sim porque somos companheiros, amigos, leais, participativos, etc. e etc.
Porque que o Feck tem que tirar o pé quando a bola esta entre ele e o Paulo ou o Valdemar? Medo respondo, não querem machuca-lo, mas farão é só ele disputar a bola, pois tem caracteristicas enérgicas, virís, que não querem mas a consequencia é a mesma. Porque o Cao cai quando tentam retirar a bola por trás? pela fragilidade dele? sim, mas também pela força desproporcional que utilizam para fazer, exemplos do Chico (melhorou muito) do Ademar (as vezes), além dos acima citados.
Lembro uma dividida, ja faz meses, que deram no Celso, quando estava livre para marcar, chegaram pelo lado e colocaram a perna , acho que não foi falta, porém a consequência foi a saída dele e acho que não jogou os jogos sequentes.
Será que o Maninho é menos importante para o time, por não botar o pé, quando ele corre o risco de machucar o adversário? acho que não.
Para esses atletas além de tudo não percebem varias vezes que quase todas, as tentativas de retirar a bola são faltosas, pois não estamos disputando campeonato municipal.
Faço um pedido puxem "um pouco" o freio de mão e o todo vai se beneficiar, deixem o Cao jogar, um pouquinho, não apavorem o Feck, respeitem quando o Hélvio proteje a bola.
Dirão que estou na emoção de um a jogada que Valdemar, tentou tirar a bola de mim, e sem querer machucou, mas a minha intenção é concientizar que da para jogar sem entrar forte.
Peço desculpas aos frágeis que não citei e aos mais Virís que ficaram de fora. um abraço.

Um comentário:

BLOG PHILOSOPHIA disse...

Por esta e por outras que sou adepto do "cerca Lourenço". Sei que o futebol é um esporte de choque, viril, onde acidentes podem acontecer. Os que acontecem com pouca ou sem nenhuma gravidade, e acontecem muitas vezes até sem querer, são resultados de disputas "leves". E é o que entendo que estás propondo e assino embaixo. Mas não tão leve que acabe com a competição, com a disputa pela bola, com a marcação, deixando todo o atleta, de posse de bola, livre, leve e solto para completar a sua jogada. Quando isto de fato acontecer, teremos um sinal claro e evidente de que chegou a hora de mudarmos de esporte. Ou seguirmos regras especiais para atletas da "melhor idade".
No mais, pena ser difícil fazer um ranking de faltas cometidas. Até por que acabaria aumentando a discussão sobre a sua existência. E os mais flagrados no registro destes números, seriam os primeiros a transferirem para a estatística (leia-se tabela, blog) a responsabilidade pela falta cometida.

Arquivo do blog