NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

quinta-feira, abril 23, 2009

CAMPEONATO FORASTEIRO DE FUTEBOL DE SALÃO - Entenda como funciona.

O Campeonato Forasteiro de Futsal - CFOFUS, é disputado desde 2007 entre os atletas que fazem parte do grupo dos Forasteiros, em dia ou não com suas mensalidades.

Ele é disputado em pontos corridos e o campeão é o atleta, independentemente do número de jogos disputados, que somar o maior número de pontos durante o ano.

Além do campeonato principal, existem outros títulos em jogo, que seguem o mesmo critério de classificação. São 3 torneios que são disputados quadrimestralmente, além dos mini-campeonatos mensais. Os quadrimestrais são:
1. Torneio Apertura: disputado entre os meses de Janeiro e Abril.
2. Torneio Outono/Inverno: disputado entre os meses de Maio e Agosto.
3. Torneio Primavera/Verão: disputado entre os meses de Setembro e Dezembro.

Pretende-se premiar, assim que conseguirmos contratar um patrocinador, os campeões dos Campeonatos Anuais, dos Torneios Quadrimestrais e dos Mini-Campeonatos. Ouro para os títulos anuais, Prata para os quadrimestrais e Bronze para os mensais. Também serão premiados, a cada ano, os líderes do Ranking Geral, à serem apurados no mes de Janeiro de cada ano.

Além da classificação do campeonato em si, são considerados como motivo de destaque e premiação aos líderes dos seguintes quesitos:
> Goleador: o atleta que marcar mais gols à favor durante o ano;
> Forasteiro Nota 10: o Forasteiro que tiver a maior presença nos dias dos jogos, jogando ou não.
> Aproveitamento: o atleta que tiver a melhor média de aproveitamento no campeonato, levando em consideração a sua pontuação sobre o número de jogos por ele disputados. Vale para atletas que possuem no mínimo 60% de participação nos jogos.
> Gols Pró: o atleta que tiver a maior média de gols marcados. Também tem que ter participação mínima em 60%.
> Gols contra: o atleta que tiver a menor média de gols contra. Segue a regra dos 60% de participação.

Penso também que deveríamos homenagear, lá pela metade de cada ano, o atleta que resolver, no ano anterior, "pendurar definitivamente as chuteiras", independente do motivo ou da simpatia. Pode ser um momento de lamento ou de muita alegria. Nunca se sabe.

O que tinha para ser esclarescido é mais ou menos isso aí. Na verdade, este formato sempre foi somente uma proposta, nunca sendo de fato apreciado e decidido pelo grupo. No momento que for oficializado dá para ir atrás de patrocinadores. Fora as críticas quanto a sua modesta existência ou do pedido na alteração de pequenas formas de apresentação, nenhuma outra mudança estrutural foi solicitada. Penso que devem existir idéias que podem melhorar o formato hoje existente. Por isso, creio que deveríamos nos sentar para discutí-las e por em prática as que forem aprovadas.
Postar um comentário

Arquivo do blog