NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

segunda-feira, agosto 10, 2009

Enquete: devemos aumentar o número de Forasteiros?

Somos, atualmente, 20 Forasteiros registrados como aptos à jogar. Só que, em razão de lesões, saúde e compromissos, apenas 13,46 atletas, em média, estão jogando com mais frequencia. Vamos aos números das 60 rodadas deste ano:
1. Ademar: 35/60 jogos, 58,33%; 2. Beto: 44/60 - 73,33; 3. Celso: 55/60 - 91,67; 4. Chico: 55/60 - 91,67; 5. Clenir: 19/60 - 31,67; 6. Eduardo: 44/60 - 73,33; 7. Nelson: 9/18 - 50,00; 8. Feck: 55/60 - 91,67; 9. Foguinho: 37/60 - 61,67; 10. Foppa:22/60 - 36,67; 11. Geraldo: 20/60 - 33,33; 12. Hélvio: 47/60 - 78,33; 13. Ildo: 31/60- 51,67; 14. Léo: 49/60 - 81,67; 15. Luciano: 6/60 - 10,00; 16. Maninho: 53/60 - 88,33; 17. Miguel: 56/60 - 93,33; 18. P.Galego: 6/60 - 10,00; 19. Paulo Pires: 50/60 - 83,33; 20. Valdemar; 50/60 - 83,33; 21. Sérgio: 7/12 - 58,33.
Do total de 1170 frequencias possíveis, apenas 750 foram realizadas, ou seja, 64,10%. Considerando 21 jogadoresm temos uma média de frequencia de 13,46 jogadores por jogo. Com esta frequencia média, seguidamente ficamos sem quórum para os jogos. A partir daí, surje a velha questão: devemos ou não admitir mais jogadores para o grupo.
Est é o tema da enquete da semana.
O que tu achas? Devemos por mais gente no grupo? Que tipo de jogador? Não ficaremos, depois que os lesionados retornarem, com um grupo muito grande? Ou novos lesionados e aposentados surgirão? Ou...
Dê a sua opinião para ver se vale a pena levar o assunto adiante.
Postar um comentário

Arquivo do blog