NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

quarta-feira, agosto 19, 2009

PÓS JOGO( pelo Interino Feck )

Na terça feira chuvosa e fria poucos atletas compareceram para mais uma rodada.
Mas os que la estiveram fizeram um bom jogo de futsal, onde aconteceu o mesmo fenomeno que acontecera domingo no jogo Gremio e Flamengo, onde apartir das otimas defesas do goleiro(Foppa), o time Azul por coincidencia, construiu uma bela goleada, consolidada pela eficiência do Miguel na conclusão e o vigor do Ademar na defesa, nunca vi jogar tanto.Nada atrapalhou, nem o modo irresponsável e irreverente do Foguinho jogar, fez uma correria que deixou meio mundo tonto e o despreparo físico do Sérgio, compensou com toques rápidos, não podendo correr fez com que a bola corresse.
Por outro lado, os Laranjas numa daquelas noites que nada dá certo e quando acerta esbarra nos méritos do adversário.Teve no goleiro Eduardo numa noite pouco inspirada, Nelson uma atuação discreta, Léo saiu na reserva, entrou frio e quando aqueceu não conseguiu muita coisa na defesa, foi mais feliz no ataque 2 gols, Maninho vindo de lesão estava um pouco receoso, mas proporcionou um belo duelo com Foppa.Feck começou o jogo travado, saiu e esfriou no banco, quando voltou estava mais travado, Beto muito esforçado, correu muito mas sucumbiu junto com o time.

Um comentário:

BLOG PHILOSOPHIA disse...

Parabéns Feck. Fizeste um bom resumo do que foi o jogo. Creio que ao time vitorioso cabem os louros da vontade que botaram na ponta do tênis. Agora, sem tirar o mérito, pois eles ligitimamente o tem, teimo a dizer que todo o desequilíbrio teve, e seguidamente ele se repete, um motivo: forçar jogadas, principalmente chutes a gol, que iniciam o conta-ataque do time adversário. Quando alguém sente que está trancado, cansado ou seja lá o que for, que não permite com que consiga finalizar com perigo, ou que, se finalizar mal, não consegue retornar imediatamente para ajudar a defesa, principalmente quando o time ataca em bloco e não volta, não é hora de usar a cabeça e mudar a forma de jogar e não ser goleado? Numa hora dessas o importante é manter a posse de bola. Pode ter certeza que aos poucos o jogo muda. Se não mudar, ao menos, num dia ruim, o cara não toma de saco. E é por aí que pentelho em quadra. Talvez o que falta é conseguir passar esta idéia, que acaba virando pura apurrinhação.

Arquivo do blog