NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

sábado, maio 12, 2012

Homenagem às Xerifas, às nossas mães e a todas as mães do mundo. (A tribute to Xerifas, our mothers and all mothers of the world).

Uma singela homenagem às mães, através destes dois vídeos. O primeiro, num singelo vídeo de Francisco Petrônio que contém, a meu ver, uma das mais bonitas canções em sua homenagem. O segundo não fica atrás. Um vídeo com a poderosa voz de Agnaldo Timóteo e a linda voz de Ângela Maria. (A simple tribute to mothers, through these two videos. The first, a simple video that contains Francisco Petronio, in my view, one of the most beautiful songs in his honor.The second is not far behind. A video with the powerful voice of Agnaldo Timóteo and beautiful voice of Ângela Maria).

Parabéns Mamães. Vocês todas merecem nossa admiração, carinho e amor.

O AMOR MAIS PURO E MAIS PROFUNDO - Francisco Petrônio

Assista o vídeo no Youtube



LETRA:

Mãe
É uma só, que a gente tem no mundo.

Mãe
É o amor mais puro e mais profundo

Oh minha santa mãezinha
Que tantas vezes eu fiz chorar
Aqui vim para dizer-te
Que sempre, sempre ei de te amar

Mãe
Pensar que um dia poderás faltar-me

Mãe
Pensando nisso vivo a lamentar-me

Por isso nas minhas preces
Tenho pedido ao Criador
Que nunca, nunca me falte
O teu carinho o teu amor

(Declamado)

"Mãe, o amor mais puro, é o amor do teu coração
É puro como a água cristalina da fonte
É como o cantar dos pássaros ao amanhecer de um novo dia
É como um botão de rosa que desabrocha na primavera
E nem todo o amor deste mundo,se o mesmo pudesse eu dar-te
jamais poderia pagar-te,tanto carinho, tanta dedicação".

MAMÃE - Agnaldo Timóteo e Ângela Maria. 

Assista o vídeo no Youtube



LETRA:

Ela é a dona de tudo,
Ela é a rainha do lar,
Ela vale mais para mim,
Que o céu, que a terra, que o mar,
Ela é a palavra mais linda,
Que um dia o poeta escreveu,
Ela é o tesouro que o pobre,
Das mãos do senhor recebeu,

Mamãe, mamãe, mamãe,
Tu és a razão dos meus dias,
Tu és feita de amor e esperança,
Ai, ai, ai, mamãe,
Eu cresci o caminho perdi
Volto a ti e me sinto criança
Mamãe, mamãe, mamãe
Eu te lembro chinelo na mão,
O avental todo sujo de ovo,
Se eu pudesse,
Eu queria outra vez mamãe,
Começar tudo, tudo de novo
Postar um comentário

Arquivo do blog