NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

domingo, novembro 18, 2007

Pra não dizer que não falei de flores

A cada jogo , e comentário que passa , fica mais difícil escrever algo interessante que chame a atenção e leve o leitor (geralmente forasteiro) a contrapor uma idéia ou contribuir com outra. De táticas já falamos, se perde e ganha muitos jogos assim, veja o exemplo da ultima sexta feira, apesar de parelha as equipes na questão do trato com a bola, o time azul se perdeu logo após o começo ,quando todos voltavam, não ficando ninguém pela parte central média que impedisse o avanço do defensor mais atrasado do adversário, embolaran-se várias vezes jogadores adversários ficavam livres.
Muitos “atletas” do time, alguns até inteligentes para jogar, quando querem, não querem prestar uma colaboração com o coletivo, eu admito, por exemplo, um jogador pesado que suba, não consegue voltar, porém na sua conscientemente sabe que deveria pelos menos cercar, mas não esta tendo condições físicas, outros sabem e não querem fazer, acham que é assim mesmos outros tem que destruir por eles.
Outra coisa que acontece é o jogador retorna, mas não marca ninguém, esta ali, mas de nada adianta, não acompanha a flutuação dos adversários.
Neste quesito de defesa e marcação ninguém é melhor que Feck, Beto, léo, Chico e até o Foguinho quando está posicionado atrás é um grude.
Estas questões fazem uma partida pender para um lado ou outros as vezes independentemente da capacidade técnica, de nada adiantar falar de técnicas e táticas se os jogadores não possuem uma cultura de esforço para o coletivo.
Postar um comentário

Arquivo do blog