NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

sábado, novembro 21, 2009

FOPA , ele voltou e os laranjas mereceram.

O nosso amigo Fopa de novo mostrou que a parceria na quadra é complicada, foi responsavel direto por dois gols e tirou a possibilidade e a ambição do time de azul tentar a vitória, que foi merecida pelos laranjas, Fopa se desmotivou, brigou e aprontou, ainda não aceitou o penalty claro, para quem estava de frente para o lance , do Helvio, que tentou tirar com o ombro, mas a bola bateu também no antebraço, logo, penalty.
Os laranjas tocaram a bola e não se descuidaram da retaguarda, equanto os azuis sem um fixo definido sucumbiu, Nelson grande jogador, quase notável, não pode ser centro e armador, poque ele se solta e o time vai com os quatro ao ataque, ele deve jogar numa ala. Quem são os fixos do forasteiro? Léo, Helvio, Ademar, Celso. Maninho e Nelson tem habilidade mas não são; Beto, Feck, Chico, Paulo, Sergio, Clenir são defensores mas não são o começo da jogada. Dos que citei apenas o Léo é nato os outros se esforçam.
Um time com fixo é melhor organizado e não adianta ter esse jogador tem que usa-lo na função.
A alegria na volta do Cao, um pouco fora de ritmo mas se recuperando, teve azar de jogar contra o Maninho que esta ganhando todas e junto com o Beto que ja tem cinco derrotas consecutivas e é candidato.

5 comentários:

BLOG PHILOSOPHIA disse...

Tens razão quanto ao Foppa. Só tem que se levar em consideração uma lesão que tem prejudicicado as suas atuações. No mais, se ele coloca-se só parte da sua vontade de ganhar, virada só em reclamação, orientando o time e reconhecendo eventuais falhas pessoais, seria quase que imbatível.

BLOG PHILOSOPHIA disse...

Quanto ao Beto, na verdade já são 6 e não 5 jogos. Os seus resultados são mais um caso de estudo como o do Maninho e possívelmente, no passado, o teu caso. Na minha opinião, na maior parte destes jogos ele tem jogado bem, se não dentro das suas melhores atuações, mas com atuações que pouco tem comprometido. Alguns lances fortuitos, de azar, como o último gol feito por mim no jogo de 6ª, e lances feitos num último esforço, são perdoáveis e normais acontecerem com todos nós. A movimentação e dedicação em quadra tem sido até exemplar. Talvez o problema esteja, como esteve na "invencibilidade" do Maninho, na falta de entrosamento com os companheiros. Por incrível que pareça, vontade demais pode prejudicar. Tu corre, corre e corre e nada acontece. Teus parceiros estão num ritmo e tu no outro. É aquele esforço que tu faz e muitas vezes o resultado acaba num contra ataque. É necessário, como tu sempre defendes e colocas, compreender as características dos companheiros, e dos adversários, para achar a melhor maneira de jogar. Aí a probabilidade de vitória se torna bem maior.

HELVIO GOMES disse...

No caso do Maninho noto que ele começa só agora a ter um pouco mais de confiança, principalmente naquela arrancada lateral e o chute com o pé invertido, o Maninho centaliza mais o jogo nele, se esta bem o time tem grandes chances. o caso do Beto é diferente, acho que não tem problema nele, até anda jogando acima da sua média, no jogo anterior ao comentado ele e eu quando estavamos atrás tivemos entrosamento e sucesso, depois a casa caiu, neste jogo, mesmo eu e ele estando no time nós jogamos diferente e em posições diferentes, acho que o posicionamento do Celso, do Nelson, Do chico, Maninho são Hibrídos e prejudica aqueles que tem que buscar outros posicionamentos, porém se o fizerem com efici~encia, sem problemas. Léo as vezes tu vai para a frente porque? ou porque alguém embola contigo atrás ou porque ninguém segura a bola na frente, os dois são interligados. Quando casa o time ele é dificil de ser batido.caso do primeiro tempo de terça.

Anônimo disse...

Afora os comentarios do jogo, cabe a nós forasteiros, a incubência de unirmos esforços em prol de uma festa de confraternização realmente familiar no final do ano.Vamos intensificar as conversar em torno deste assunto, principalmente no que diz respeito a participação de nossas "" xerifas"", o amigo secreto, o custo por familiar e parentes, o aluguel de campo ou quadra para nossos filhos brincarem, utilizar o mínimo possível o Foppa e a Helga, usando materiais descartaveis, para que eles estejam disponíveis e participem com maior intencidade na festa.
O tempo voa. Vamos nos otimizar pessoal. Menos críticas , mais entusiamo e companheirismo.
Comentario: Ildo Bonatto

HELVIO GOMES disse...

concordo contigo Ildo, porém tenho sempre que falar algo sobre as rodadas, caso contrário ficamos muito dispersos. Ja temos o Feck e o Léo, quem sabe tu faz esse comentário que proponhes que é muito importante e abre uma nova frente de estilo, uma abordagem sobre temas que ajudem a facilitar nossa vida dentro dos forasteiros nos assuntos fora o jogo, eu ja tenho muita "ronha" para mim para assumir mais essa, o Léo é teu parceiro para isso, eu acho.

Arquivo do blog