NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

quarta-feira, julho 28, 2010

58ª Rodada - 27.07 - Jogo com goleada e presença massiça define Campeão de Julho.

Com a vitória conquistada na 8ª rodada do mês, o Léo, com 21 pontos, seis à frente dos concorrentes mais próximos, sagrou-se campeão de Julho com uma rodada de antecedência. Outros resultados bastante interessantes e importantes aconteceram no mês, como a pontuação do Luiz, que poderia, se tivesse participado de todas as rodadas, estar dividindo a liderança com o Léo, os números do Feck atuando como goleiro, etc. O outro resultado interessante é a disputa pelo título de goleador do mês, que provávelmente será decidido entre o Chico e o Foguinho, hoje com 26 e 24 gols respectivamente. A participação deles nesta disputa já não é novidade e está virando uma constante. O Luiz deve se somar a eles logo, logo. As ausências nesta disputa do Maninho, com 15 gols, vice do ranking com 570 gols, e principalmente do Miguel, com 5 gols, goleador mor, líder disparado no ranking com 635 gols, já não é uma situação normal. O retorno da lesão pode ser a maior explicação, mas o cuidado e a marcação cerrada que está recebendo dos adversários que enfrenta também. Vai precisar se movimentar mais para achar espaço para seus fulminates arremates.
O jogo em si, com placar de 15 x 4 a favor do time Verde, foi intensamente movimentado. Logo no início a equipe Laranja foi arrazadora. Em menos de 1 minuto fez 1 a zero, além de ameaçar e bater bolas que tiveram como destino o travessão. A reação da equipe Verde veio logo. Utilizando o toque de bola, além da movimentação, aos poucos foi envolvendo o adversário e virando o jogo. Logo percebeu que raramente eram dados espaços para arremates de média e longa distância, tornando-se necessário manter a posse da bola e tocar com paciência até conseguir furar a defesa adversária. O que foi conseguido com sucesso em 4 oportunidades pelo Luiz, 4 pelo Chico, 2 pelo Maninho, 2 pelo Eduardo, 2 pelo Ademar e 1 pelo Sérgio. Somente o Ildo, goleiro, e o Léo, necessitando urgentemente de um ferreiro para indireitar o pé, não marcaram. A equipe Laranja tentou, e tentou até o fim sem desanimar, mas raramente conseguiu segurar o ímpeto dos Verdes nem passar pela sua defesa. Em poucas oportunidades conseguiu levar vantagem sobre uma defesa bem postada, e as vezes que conseguiu, aparecia o Ildo para acabar com a festa. Marcou 2 vezes através do Foguinho, 1 pelo Miguel e 1 pelo Beto. O Feck teve uma boa e normal atuação e nada pode fazer para evitar os gols que levou. O Hélvio, o Miguel e o Nelson, jogadores com características diferentes e que podem se completar, claramente jogaram descontados. Não se recuperaram ainda totalmente das lesões. O Celso, que estava bem, sentiu uma lesão e teve sua atuação prejudicada. Junto com o Valdemar, era o responsável pela construção das jogadas de ligação, que raramente deram certo, parte pela dificuldade de movimentação dos companheiros, parte pela marcação do time adversário. Da mesma forma o Beto e o Paulo, estes com intensa movimentação, não conseguiram executar uma de suas especialidades, o contra-ataque, nem bloquear o avanço do time adeversário. Desta forma, o time todo tinha dificuldade de acionar os seus principais goleadores, Miguel e Foguinho, tão pouco criar espaços para bater de média ou longa distância.

Ficha Técnica:
Verdes (15): Ildo, Léo, Ademar (2), Maninho (2), Sérgio (1), Chico (4), Eduardo (2) e Luiz (4).
Laranjas (4): Feck, Hélvio, Nelson, Paulo, Celso, Valdemar, Foguinho (2), Beto (1) e Miguel (1).
Postar um comentário

Arquivo do blog