NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

quarta-feira, agosto 18, 2010

RODADA 064/2010-(Terça Feira 17.10.2010) - o dia que a rodada não saiu e a hora da limonada.

64 A RODADA QUE NÃO ACONTECEU
WO DO TIME AZUL NO TIME LARANJA E VICE VERSA.

PARCEIROS NOTA DEZ: Feck,Eduardo,Maninho,Beto,Chico,Sergio,Ildo,Miguel,Luis e Paulo.
VISITANTES: Diego,Thaniel e Marcos Vinicius.

OBSERVAÇÃO
Alguem pode perguntar, por que não jogo?
Ildo e Diego chegaram quase no fim do horário.
Sérgio foi só para assistir, não tinha as minimas condições do jogar.
Miguel como se sabe não está 100 % a tempo
Com isso só 6 atletas estavam em condição de jogo.
Quando a gente mais precisa dos cones, eles estavam na escadaria indo para salão de festa, por que estava se criando um churrasquinho lá em cima.

OPINIÃO DO LÉO - HORA DE FAZER DO LIMÃO UMA LIMONADA (Ou caipirinha, prá quem pode beber):
Quanto aos que não foram. Alguém sabe o motivo do Ademar, Celso, Clenir, Foguinho, Hélvio, Léo, Nelson, Valdemar e Zeca não terem comparecido? Sei o motivo de alguns. O meu, voltando de cirurgia. Só posso voltar a me exercitar a partir de 10.09. Pelo que sei, o Clenir, o Zeca e o Nelson estão lesionados. Parece que o Ademar também. Até por estar afastado, não sei das condições do Foguinho, do Celso e do Valdemar, 3 assíduos frequentadores. O Hélvio, como já é do conhecimento de todos, por problemas físicos tem normalmente se preservado nas 3ªs para jogar nas 6ªs.

Não seria o caso de verificar a situação de cada um e correr na frente para evitar que isto não ocorra novamente? Não seria também o caso de termos um responsável, assim como nas finanças, que seja avisado quando alguém não possa comparecer?

Se não é possível, MOMENTÂNEAMENTE, ter quórum suficiente com o pessoal do nosso grupo, não seria hora de dar um tempo no campeonato e fazer umas brincadeiras com os filhos dos Forasteiros?

Acho que a solução não é a de por mais gente, pois logo, logo todos estarão em condições de jogar e aí vai ser muito complicado jogar com 10 de cada lado numa horinha só de tempo. Ou dividir uma hora para 4 times jogarem.

À não ser se for o caso de incluir alguém no lugar de algum parceiro que não queira ou não possa mais jogar. O Clenir, por exemplo, tem demonstrado, pelas poucas vezes que pôde jogar este ano, e por comentários feitos por ele mesmo, que não sabe se consegue voltar a jogar normalmente. Não seria o caso de ver qual as suas reais condições e propor uma substituição no quadro de jogadores? Por que continuar se iludindo considerando a participação plena dele no grupo de jogadores? Esta substituição, ou outra que possa ocorrer, não o afasta do grupo. Claro que a mensalidade nestes casos tem que ser revista, pois a maior parte do que pagamos vai para as despesas do futebol. Uma nova mensalidade teria que ser criada para estes casos, para que os membros do grupo que não pertençam ao futebol possam ter direitos sobre os benefícios proporcionados com a sobra do caixa.

Hoje os Forasteiros já são um grupo de pessoas com atividades não mais restritas ao futebol. Então, por que não agregar pessoas ao grupo sem ser através do futebol? Temos atividades naturais que se desenvolvem no grupo através da música, da pescaria e das tradições gaúchas, especialmente através da nossa participação com um piquete na semana farroupilha. Por que não possibilitar o ingresso de outras pessoas nos Forasteiros através destas atividades? Seu Júlio e familiares são um exemplo. Já temos um "filho" do grupo que é o maravilhoso grupo das Xerifas. Por que não ampliar ainda mais os horizontes dos Forasteiros?

Acho que os cardeais e bispos podiam pensar a respeito e tomar uma decisão.
Postar um comentário

Arquivo do blog