NOSSOS BLOG'S

BLOGS: * das Xerifas - FORASTEIROS: * Tradição
Aqui, quando mortos, viveremos, quando mudos, falaremos.

quarta-feira, fevereiro 23, 2011

"Nervos" à flor da pelll...

A 11ª rodada do ano, 409ª (quatrocentésima nona) desde o início de 2007, teve como destaque um festival de patadas. Patadas no bom sentido, claro. Ou mau, se visto pelo ponto de vista dos goleiros. O Ademar acertou três que o Eduardo não viu por onde passou. Em compensação, defendeu muitas, especialmente uma à queima roupa desferida pelo Valdemar que o obrigou a interromper seu grito de gol pelo meio e a assistir, estupefato, a bola se chocar contra o travessão e sair pela linha de fundo. Pelo outro time, o Maninho acertou uns canudos no Ildo de arrepiar bigode. Uns, espetacularmente defendidos. Outros, entrando como foguete pro fundo da goleira. Como o último, que estufou a gaveta no ângulo contrário em que o Ildo estava e que foi a gota d'água para que ocorresse uma discussão mais forte entre os mais nervosos da noite. Tudo em razão do lance que originou o escanteio, que originou o chute do Maninho, originado por uma bola jogada pela linha fundo pelo Ildo, que a jogou achando que o Sérgio tinha dito que era escanteio, que disse que não disse, mas que agora, que a bola tinha sido jogado para fora era (ufa).
O Chico e o Ademar, árbitros também, mas só que do outro time, disseram que, se este gol valia, devia valer também o que foi anulado por ser dito que não valia por pura falta de fair-play (uuufa). Como o fair-play não estava presente naquele momento e não tinha como se defender, e ninguém queria abrir mão de nada, foi feita a primeira proposta de encerramento do jogo, encaminhada pelo momentâneamente zangado Chico, que demonstrou tal vontade jogando a bola "carinhosamente" ao chão e em direção ao Maninho, que ficou magoado e que, magoadaço, tirou a camiseta de pronto, dando a entender que estava concordando com a proposta de encerramente do jogo, aceita também pela maioria dos jogadores, irritados ou não, mas com "as nervas" à flor da pele também, que, aliás, ali ficaram florecendo por não mais de 15 minutos, tempo dos primeiros pingos da super-ducha do André bateram na cabeça dos viventes frescos (uuuuuuufa).(ou seria, "baterem e refrescarem a cabeça dos viventes"?). Sei lá. "Mi confundi". Você, vocês, tu ou "tus", decidem!

FICHA TÉCNICA - Time VERDE 7 x 5 Time LARANJA - 11ª RODADA - DIA: 22.02.2011 - HORA: 20 horas - LOCAL: PLANET SPORT FUTSAL - Esteio/RS.

TIME VERDE (7): Eduardo, Léo, Beto, Paulo (2), Sérgio (2), Luiz e Maninho (3).
TIME LARANJA (5): Ildo, Chico (1), Celso (1), Ademar (3), Feck, Clenir e Valdemar.

Anotador principal: Maurício.

Anotações: 1. Pode não ter sido a única, mas a alteração, após o sorteio das cartas e em razão da lesão do Luiz, que fez com que o Maninho troca-se de time, indo do Laranja para o Verde, foi um dos fatores que influenciaram o resultado final da partida.
2. Melhoras e mais sorte para o Luiz, que tem se lesionado com certa frequência. Te benze vivente!
3. Quórum de 6ª preocupa. Ausências certas do Sérgio (formatura), Chico e Miguel (praia - este "casal" vai longe), Luiz (lesionado), Nelson (se mudando pra Bagé), Clenir (no churrasco), Cao (sem dar notícias) e Zeca (mais uma vez aposentado), mais a presença incerta do Hélvio (de volta, mas em condições de jogar?), do Gilnei (sem dar notícia) e do Milton (dependendo de compromissos profissionais), garantem, se nada pra atrapalhar acontecer, a presença de somente 11 atletas. Quem puder comparecer que não se fresqueie e compareça.
4. Já notaram que o fair-play, quando praticado a nosso favor, é muito mais querido e simpático do que quando temos que praticar para os outros?
Postar um comentário

Arquivo do blog